Posts

Decoração para Lavabo: Liberte a Criatividade – Sorian Cortinas

Decoração para Lavabo: Liberte a Criatividade - Sorian Cortinas

Imagem: Lizzie Benton

O lavabo é um cômodo da casa que geralmente é mais utilizado por visitas. Mesmo assim, ele ainda merece toda a atenção e cuidado na hora de decorar. É possível montar inúmeras combinações e fazer decorações incríveis gastando pouco e com o menor trabalho possível.

Há também os projetos de engenharia focados em espaços pequenos e, nestes casos, o lavabo pode ser o único banheiro da casa ou do apartamento, ou ter apenas mais uma suíte. Assim, a decoração se torna ainda mais importante.

No post de hoje, vamos te mostrar ideias de decoração para lavabo para você libertar sua criatividade e criar uma decoração única e cheia de estilo. Preparado? Vamos lá!

Ideias de decoração para lavabo

Cores claras

Esta dica é especialmente útil em ambientes pequenos. As cores claras dão sensação de amplitude, o que pode ajudar um lavabo pequeno a parecer maior e mais confortável. Aposte no branco, gelo e tons claros de cinza.

Você pode usar móveis e prateleiras brancas em paredes revestidas em cores um pouco mais escuras, o que cria o efeito 3D que deixa os ambientes mais atrativos.

Papel de parede

O papel de parede é uma excelente ideia de decoração para lavabo. Existem modelos resistentes à umidade, o que os tornam convenientes para ambientes úmidos, como os lavabos.

Já as estampas e desenhos existem aos montes. É possível escolher desde um papel de parede que imita madeira ou tijolo até um desenho abstrato colorido. Tudo depende da sua criatividade.

Uma boa ideia é usar papel de parede imitando madeira, prateleiras brancas, um espelho em elipse e uma cuba redonda. Isso cria um ambiente misto entre o rústico, o moderno e o clássico, sem deixar de lado o charme e a sofisticação.

Piso vinílico

Os pisos vinílicos são fáceis de limpar, fáceis de instalar e oferecem bom isolamento térmico e acústico. Além disso, são muito bonitos e trazem uma infinidade de estampas e padrões. Resistentes à umidade, eles podem ser instalados em lavabos sem preocupação.

Experimente um piso vinílico em cimento queimado combinado a um papel de parede de tijolo cinza. Para dar a profundidade, use prateleiras de madeira e uma cuba em cores escuras, como o tabaco.

O piso vinílico pode ser usado de muitas formas diferentes e o único limite é a sua criatividade.

Escolha bem a cuba

Existe uma infinidade de cubas que você pode usar na decoração do seu lavabo. É importante que você escolha bem o modelo que vai usar, baseando-se no restante da decoração. O processo inverso também pode ser feito, baseando a decoração a partir da cuba.

De uma forma ou de outra, a cuba é um elemento que chama muita atenção em um lavabo, e uma decoração para lavabo deve levar em consideração que essa peça será uma das mais importantes.

Existem modelos redondos, retangulares, irregulares, arredondados, entre muitos outros. As tonalidades também variam muito, desde o branco, passando pelo colorido e indo até o preto. Existem também as de vidro fosco e vidro transparente.

Para escolher a cuba certa e fazer uma boa decoração para lavabo, tente combinar essa peça com algum outro elemento, como as prateleiras, o vaso sanitário ou o mobiliário. Também é possível combinar a cor da cuba com o revestimento do papel de parede, mas se as cores forem escuras, isso só é aconselhável para ambientes grandes.

O balcão também faz a diferença

Em um espaço como o lavabo, cada detalhe faz uma grande participação em toda a decoração. Por isso, preste atenção também ao balcão onde a cuba vai ficar. A espessura do balcão influencia (quanto mais espesso, mais luxuoso e bonito).

Quanto à cor, tente criar um contraste entre a cuba e o balcão. Se a cuba for branca ou de cores claras, use um balcão mais escuro ou de madeira. Se a cuba for escura, use um balcão branco ou de cores claras.

Prateleiras

As prateleiras são uma ótima ideia para fazer uma decoração de lavabo criativa e funcional. Elas são charmosas quando utilizadas da forma certa e podem ser usadas para apoiar diversos objetos.

Uma das boas ideias é usar pequenas prateleiras de vidro ou de madeira revestida ao lado do espelho, substituindo o tradicional armário de banheiro. Ali, você pode deixar itens como sabonetes, shampoos e itens de decoração.

As prateleiras também podem ser usadas ao longo de outras paredes. Neste caso, duas já bastam para deixar o ambiente agradável e organizar alguns itens. Lembre-se: menos é mais.

Espelho

Muitas vezes a decoração para lavabo se baseia no espelho, que geralmente é a peça que chama mais atenção em todo o ambiente. Você pode escolher entre espelhos retangulares, quadrados, redondos, em elipse, ou até mesmo os de parede inteira.

Os espelhos que tomam toda a parede são ótimos para criar a sensação de amplitude no espaço, pois se juntam com a parede adjacente e criam o efeito de infinidade. Já os retangulares ficam muito bons em decorações modernas.

Os redondos e em elipse são mais utilizados para decorações clássicas, enquanto os quadrados combinam bem com decorações exóticas e ousadas. Tente visualizar o formato de espelho que você mais gosta antes de começar a comprar os outros itens da decoração.

Vaso sanitário

Quanto ao vaso sanitário, o tradicional é que ele seja branco, mas isso não quer dizer que você não pode mudar algumas coisas. O acento e a tampa podem ser de outras cores. Por exemplo, uma decoração para lavabo moderna pode ser feita com branco e preto, bastando utilizar uma tampa e acento pretos no vaso, uma cuba preta e um papel de parede escuro.

Além disso, você também pode usar os tradicionais revestimentos, como capas. Assim, pode mudar a decoração toda semana sem esforço. Lembre-se da combinação de cores para que nada fique muito over.

Visite o site da Sorian e encontre o revestimento ideal para papéis de parede e muitos outros itens para fazer sua decoração de lavabo.

Conheça neste link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decoração, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Tipos de Tecidos para Cortinas e suas Indicações – Sorian Cortinas

Tipos de Tecidos para Cortinas e suas Indicações - Sorian Cortinas

As cortinas são mais do que itens de decoração. Além de valorizarem o contorno das janelas e paisagens, elas servem propósitos secundários, como filtragem de luz, privacidade, diminuição de correntes de ar (vento), além de ajudar no isolamento térmico do ambiente.

Existe uma infinidade de tipos de tecidos para cortinas, além de variações de modelos e cores. Você consegue encontrar peças únicas, personalizadas, feitas sob medida para agradar ao gosto de cada pessoa e compor cada ambiente.

Em meio a tantas opções, às vezes fica difícil escolher. Por isso, no post de hoje, vamos apresentar os principais tipos de tecidos para cortinas e suas indicações, para que você consiga ter uma noção do que pode fazer com este item.

Os principais tipos de tecidos para cortinas

Cortina de voil

As cortinas de voil são amplamente utilizadas em muitos projetos de decoração. Leve e neutro, este é um dos principais tipos de tecidos para cortinas. Ele pode ser combinado com persianas para aliar a leveza e naturalidade a funcionalidade e conveniência.

O voil pode ser usado em ambientes clássicos, modernos, retrô, misto, rústico, entre outros. Ele é realmente um dos tecidos mais versáteis que existem. Como apresenta maior transparência, pode ser combinado com outros tipos de cortinas que ofereçam mais privacidade.

Uma janela que não possui abertura para o lado de fora, como em alguns ambientes corporativos, ganha valorização extra com uma cortina de voil. Esse tecido também pode ser usado em degradês, com tons mais claros de voil próximos ao centro da janela e tons mais escuros nas extremidades.

Indicado para salas de estar, quartos e ambientes corporativos, o tecido traz leveza, delicadeza e naturalidade.

Cortina de veludo

O veludo é um tecido que remete a nobreza, bom gosto e sofisticação. É um bom tipo de tecido para cortina em termos de isolamento térmico e de iluminação. Uma cortina de veludo não deixa passar quase nada de luz e oferece boa resistência a correntes de ar.

Como é um tecido pesado, ele cria boa proteção térmica que mantém o ambiente aconchegante durante mais tempo, sendo uma boa opção para regiões mais frias ou estações do ano que trazem o frio.

Este é um dos melhores tipos de tecidos para cortinas de salas de estar com TV, já que o bloqueio da luz impede reflexos na tela. Também é bastante utilizado em quartos, que tendem a ser ambientes mais quentinhos.

Combina bem com diversos estilos de decoração e é encontrado em diferentes cores e tons. O veludo também pode ser usado em cortinas para atuar como “portas” em closets e armários.

Cortina de seda

Outro entre os melhores tipos de tecidos para cortinas é a seda. Um tecido leve, elegante e charmoso, a seda é geralmente combinada com duas ou mais camadas de tecido quando usada em janelas.

Ela permite uma passagem de luz mediana, e seu tecido leve não interfere na troca de calor entre ambientes. É o tecido ideal para separar ambientes, como quarto e sala em um apartamento estilo estúdio, por exemplo.

A seda também cumpre muito bem o papel de adornar ambientes com propósito decorativo, aliando leveza e elegância. Em ambientes modernos, funciona muito bem nas cores mais neutras, podendo ser combinado ao restante da decoração.

Cortinas de seda são indicadas para salas de estar, de jantar, quartos, corredores e hall de entrada. Como são ótimas para separar ambientes, é possível alinhar a decoração de um ambiente para outro tendo como ponto de partida a cortina de seda.

Cortina de cetim

Mais um entre os melhores tipos de tecidos para cortinas, o cetim é leve e oferece luminosidade. Ele permite maior passagem de luz entre ambientes, sendo uma ótima opção para salas de jantar e ambientes corporativos, como escritórios.

O cetim é um tecido leve e delicado, de forma que pode ser utilizado com um forro de outro tecido por baixo para melhorar o acabamento e dar mais peso e consistência. Este não é o tecido ideal para ser utilizado com persianas ou blackout, já que o intuito não é bloquear a incidência de luz.

Uma cortina de cetim deve ser combinada muito bem com cores e elementos do ambiente, sem que a cortina pareça deslocada na decoração. O tecido é luminoso, o que remete a sofisticação.

Combina bem com diferentes estilos de decoração, mas é mais indicado para o moderno e o clássico.

Cortina de sarja

A sarja é um tecido mais leve que o veludo, porém, mais pesado que o voil, o cetim e a seda. Um dos melhores tipos de tecidos para cortinas, sua cobertura oferece menor incidência de luz e média resistência a correntes de ar.

A sarja é um tecido que combina muito bem com ambientes mais informais, com decoração rústica, contemporânea, minimalista, clássica, retrô e até hippie chic. Mesmo assim, nada impede que seja usada em decorações mais modernas.

Se você possui um estilo diferente, descontraído e cheio de vida, cores e energia, este é o tipo de tecido para cortina ideal para sua decoração. Indicado para salas de estar, quartos, hall de entrada e cantos específicos de cada ambiente.

Cortina blackout

As cortinas blackout estão fazendo muito sucesso graças à sua principal funcionalidade: bloquear completamente a passagem de luz. Feitas em material de fibras justas e concentradas, ela é um dos melhores tipos de tecidos para cortinas pesadas.

Ideal para ser usada em quartos, especialmente para quando se quer dormir até mais tarde. Pode ser a peça certa para quartos de pessoas que trabalham durante a noite e dormem de dia.

São usadas também em salas de estar que pedem mais privacidade, podendo ser complementadas com outro tecido por cima ou simplesmente só o blackout, que já é bonito para compor o ambiente.

Você pode aliar cortinas de tecido blackout em cores neutras ou coloridas, dependendo do restante da decoração, sempre levando em conta o estilo do ambiente. Para uma decoração clássica, prefira cores neutras claras. O estilo moderno permite uma gama maior de tons.

Aproveite para conhecer as opções da Sorian e decorar com estilo e bom gosto. Na Sorian, você encontra as melhores opções em todos os tipos de cortinas para todos os ambientes. Confira!

Conheça neste link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decoração, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Como usar xales para cortinas para deixar o ambiente mais bonito? – Sorian Cortinas

Como usar xales para cortinas para deixar o ambiente mais bonito? - Sorian Cortinas

Você sabe o que são xales para cortina? Se não sabe, está perdendo uma das melhores maneiras de deixar qualquer ambiente mais bonito.

Os xales são tecidos que sobrepõem as cortinas para criar a variação de texturas, cores e formatos. Um dos grandes segredos da vida e, principalmente, da decoração, é a variação.

Observe: tudo aquilo que contrasta e que complementa outra coisa é mais bonito, mais elegante, passando um ar mais elaborado, como a alta costura no setor da moda.

Na decoração, não é diferente. A variação de materiais, de cores, de formas e de texturas faz o ambiente parecer mais “chique”.

Uma das melhores formas de aplicar variação à sua decoração é utilizando xales nas cortinas.

Você vai descobrir agora o que são os xales e como utilizá-los para melhorar a sua decoração. Acompanhe!

O que são xales para cortinas?

Os xales, como dito antes, são tecidos que sobrepõem as cortinas. Com eles é possível produzir diversas variações.

Você encontra xales para cobrir desde a maior parte da cortina até os mais estreitos, apenas para colocar um detalhe.

Tecidos são usados para decoração desde o século XV, quando o comércio começava a se expandir entre o ocidente e o oriente médio. Com o passar dos anos, não demorou a surgirem os primeiros xales na França e ao redor da Europa.

Até hoje, eles são usados para empregar elegância e refinamento a qualquer decoração.

Como usar os xales para cortinas?

Existem várias formas de utilizar um xale. Tudo depende do gosto e da personalidade de cada um. Vamos te mostrar as principais formas de utilizar os xales para trazer mais requinte ao seu ambiente.

Xales laterais (moldura)

Os xales em posição lateral funcionam como molduras das cortinas. Você pode optar por deixar o xale de um lado só ou dos dois lados. Geralmente, é preferível utilizar uma cor mais escura do que a cortina que fica por baixo.

Você pode criar um efeito de textura utilizando uma cortina de tecido leve como o cetim como base e um xale de um tecido mais pesado, de cor escura ou forte. Isso traz profundidade à parede decorada com a cortina.

Se você tiver uma cortina em um canto onde a outra parede não tem cortina, pode optar por deixar o xale apenas na outra extremidade, para delimitar a cortina na parede. Neste caso, a lateral sem xale fica delimitada pela própria parede. Esta variação é moderna e diferente. Experimente também em passagens entre cômodos que não possuem portas.

Xale central

Outra opção também é o xale central, deixando os cantos da cortina à mostra. Ideal para cortinas que não serão abertas o tempo todo.

O xale central cai bem quando você o alinha com outros elementos da sua decoração. Exemplo: em uma sala de jantar, você pode alinhar o xale com a própria mesa.

O xale central também é uma boa opção para ambientes pequenos, onde as cortinas são mais estreitas.

Formatos de xale

Existem diversos formatos que você pode aplicar ao seu xale. Alguns dos mais comuns incluem:

  • Xale em corte reto solto: é o tecido apenas pendurado no varão da cortina e solto até o chão. Este formato é bastante utilizado em cantos de paredes onde cortinas se encontram. Também pode ser utilizado somente o xale, sem a cortina base, nas laterais de janelas pequenas;
  • Xale em corte reto preso: você prende o xale na metade, como se fosse um rabo de cavalo. Para este formato, existem duas variações, que são o xale preso firme e o xale preso leve. Este último é quando o xale fica curvado na parte interna da cortina, remetendo aos tempos antigos. O preso firme é o xale sem curvas, em formato de triângulo até o cordão. Ambas as formas são elegantes e só dependem do gosto pessoal de cada um;
  • Xale em corte irregular: é o corte do tecido já em formato curvado ou qualquer outro formato que você queira. Assim, não há necessidade de prender o xale, pois ele solto já ficará no formato desejado.

 

Acessórios para xales

Vamos te mostrar dois principais acessórios que você pode colocar no seu xale para complementar o look da sua cortina. Eles podem ser usados juntos ou separados. É você quem decide. Contudo, vale a pena lembrar de ver a cortina com olhos críticos. Assim, você evita que ela fique com excesso de informação.

Franjas

As franjas são charmosas e cheias de detalhes. Você encontra franjas dos mais variados tipos e acabamentos. Elas são usadas nas extremidades dos xales para cortina, trazendo um nível maior de detalhe.

Combinam bastante com xales que cobrem toda a parte de cima da cortina e as duas laterais, com o xale preso leve, formando curvas suaves ao redor da cortina. Também podem ser usadas em xales retos cobrindo a parte superior da cortina. Ou ainda, uma pequena faixa de xale reto com franja, sobreposta a um xale central preso firme. As variações são muitas.

Fita galão

A fita galão é uma faixa de tecido que pode ser usada para prender o xale para cortina. Existem fitas galão bordadas, pintadas, desenhadas, ou simplesmente neutras com uma cor sólida.

É uma alternativa que traz mais elegância à cortina do que somente prender com o cordão. Você pode combinar a cor da fita galão com a cor da cortina base ou da franja. Pode também escolher uma fita galão um tom acima ou abaixo da cor do xale para cortina.

Como combinar as cores?

Para saber qual cor escolher para cada elemento da sua cortina, o conceito é baseado no círculo cromático. É um círculo que contém todas as cores primárias, secundárias e terciárias. Ele auxilia na harmonização de uma cor com a outra.

Alguns exemplos são:

  • Diferentes tons da mesma cor, também conhecido como tom sobre tom;
  • Cores complementares, que ficam em posições opostas no círculo, como o laranja e o azul;
  • Cores análogas, que ficam lado a lado, possuindo tons parecidos entre si, como azul e violeta.

Você pode tentar combinar as cores da sua maneira, mas o ideal é deixar isso para um profissional. Afinal, se você fizer uma combinação inadequada, pode prejudicar toda a aparência do seu ambiente.

Se estiver em dúvida, opte por combinar o branco ou cinza claro com uma cor mais viva de sua preferência. Como são cores neutras, o branco e o cinza combinam com todas as outras.

Conheça neste link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decoração, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Sorian Cortinas e Decoração: Os tipos de materiais de persianas os seus usos

ebgesc

As persianas são queridas de muitos designers de interiores e também de muitos clientes. Mas existem diversos tipos e materiais diferentes que podem fazer sua persiana ser mais funcional para o ambiente escolhido.

As diferenças são sutis, mas, com o tempo, você percebe que pode não ter feito a melhor escolha. Para evitar que isso aconteça com você, trouxemos hoje um comparativo entre os tipos de materiais de persiana que você encontra no mercado.

Guarde bem essas dicas para quando for comprar a sua, pois podem ser de grande ajuda no momento da decisão.

A verdade é que as persianas podem ser fabricadas em uma infinidade de materiais. Vamos falar sobre os principais e mais procurados.

Persianas de PVC

Uma das mais comuns é a persiana de PVC. Você encontra esse tipo de material muito frequentemente em diferentes ambientes, principalmente escritórios, que são ambientes mais formais.

As persianas em PVC são leves, geralmente de cor neutra e fáceis de limpar. Suas lâminas são, em sua maioria, mais estreitas, e podem permitir a passagem de pouca luz mesmo quando estão completamente fechadas.

Como possuem um ar mais sóbrio, os escritórios são os grandes utilizadores deste material de persiana. Porém, em uma aproximação mais moderna, ela pode ser combinada com um xale de tecido para ambientes caseiros, como a sala de estar.

Você pode deixar a persiana recolhida pela metade para criar um ambiente agradável com a luz natural moderada, decorando-a com um xale de um lado só, amarrado por um cordão na metade.

Persianas de Madeira

Muito utilizada em ambientes externos, a persiana de madeira é bonita, suave e sofisticada. Existem diversos tons de madeira que você pode escolher. Geralmente, as persianas de madeira possuem lâminas mais separadas quando são planejadas para ambientes externos.

Você também pode usar na divisão entre ambientes externos e internos, como na passagem para a piscina ou para o jardim. Também é muito charmosa para decoração de áreas de lazer com bancos e mezanino rústico.

Apesar de ser um pouco mais difícil de manter a limpeza, se você gosta de mostrar bom gosto e aconchego, este material de persiana pode ser o ideal. Porém, lembre-se de que a madeira é um material poroso, o que pode prejudicar a persiana em casos de chuva. Use com bom senso e cuidado.

Para quebrar um pouco o ar rústico, você também pode usar xales combinando com o tom de madeira escolhido.

Persianas de Bamboo

Bastante semelhante à madeira, o bamboo é um pouco mais leve, de tons claros e mais fácil de limpar. Por ser um material com acabamento mais liso, ele é menos poroso do que a madeira, permitindo o seu uso com um pouco mais de liberdade em ambientes que podem sofrer ocasional umidade, como os externos.

Porém, ele ainda não é indicado para lavabo ou cozinha, que são ambientes bem mais úmidos, que exigem um material bastante sólido e impermeável.

O bamboo mostra o seu charme no jardim, combinado com xales leves de tecidos transparentes e coloridos. Também pode ser utilizado em escritórios (dependendo do estilo do escritório). Além disso, é uma boa pedida para separar ambientes, como uma sala de estar e uma sala de jantar que originalmente não possuem separação.

Mas você também pode utilizar este material de persiana na janela da sala de estar, com um xale finalizando a decoração.

Persianas de Alumínio

O alumínio é um material de persianas mais modernas. Pouco mais pesado do que o PVC, ele ainda é fácil de limpar. Porém, deve ser tomado o devido cuidado para não manchar o alumínio com gordura dos dedos.

Este é um material que oferece o efeito blackout quando a persiana está totalmente fechada, ou seja, impede a passagem de luz. Isso porque o alumínio é um material que não possui transparência. Já o PVC, possui transparência leve.

É uma boa opção para quartos, principalmente para pessoas que gostam de dormir até mais tarde ou durante o dia, já que podem proporcionar um ambiente bastante escuro. A combinação de tons também é possível com esse material de persiana, pois se apresenta em diferentes cores (prata, cobre, tingido, etc.).

Também pode ser utilizado um xale para modernizar a aparência do ambiente. Porém, o recomendado é que essa persiana acompanhe o tamanho da janela. Portanto, se for utilizar um xale, leve a diferença de comprimento dos materiais em consideração.

Outro tipo de ambiente que pode se beneficiar da escolha do alumínio são os ambientes úmidos, como a cozinha, lavabo e áreas que podem sofrer incidência de água. Por ser um material sólido e impermeável, o alumínio não sofre com a umidade, assim sua persiana não perde qualidade ao longo do tempo.

Persianas de Tecido

O tecido é um material de persiana muito versátil, permitindo o seu uso nos mais variados ambientes internos.

Por ser um material com transparência moderada (dependendo do tecido), ele permite a passagem moderada de luz, fazendo uma boa escolha para salas de estar. Se você quiser mais passagem de luz, escolha tons mais claros. Do contrário, se quiser bloquear ao máximo sem precisar abrir mão do tecido, escolha tons mais escuros e opacos.

Muitos escritórios utilizam esse tipo de persiana, principalmente na recepção, mas também nas salas que possuem grandes janelas.

Novamente, este material de persiana pode ser combinado com xales. Porém, como ambos são feitos de tecido, é necessário tomar cuidado com as texturas e tonalidades.

Existem lâminas de tecido de todos os tamanhos, desde as mais estreitas até as maiores possíveis. Tudo depende do gosto do cliente e da finalidade do produto.

Este não é um material indicado para ambientes úmidos, como cozinha e lavabo, nem para ambientes externos, pois a persiana de tecido não pode pegar chuva, ou poderá mofar.

Use as persianas de tecido em salas de estar, quartos, salas de jantar, hall e também na passagem de ambientes. Apenas se lembre de as manter longe da umidade.

Estes são os principais e mais utilizados materiais para persianas que você encontra no mercado. Analise bem a sua necessidade e não hesite em escolher tipos diferentes de persianas para cada ambiente, pois cada um tem sua indicação.

Também é muito recomendável consultar um designer de interiores, que pode te indicar a melhor opção para o seu caso e específico.

Conheça neste link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decoração, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Sorian Cortinas e Decoração: Qual o tapete ideal para cada cômodo da casa?

ebgesc

Decorar é maravilhoso, não é mesmo? Porém, além de tornar a casa bonita, é preciso pensar também no aconchego e na manutenção do ambiente. Por isso, abaixo daremos dicas a você sobre tapetes, peças que trazem conforto e beleza.

Qual o tapete ideal para cada cômodo da casa?

Tapetes para a cozinha

Este cômodo pede os tapetes mais higiênicos possíveis, então é necessário descartar aqueles com pelo alto ou que soltem fiapos. O ideal são passadeiras finas, feitas de material resistente, semelhante a um capacho.

Dica especial: para aliar beleza, aconchego e segurança, não deixe tapetes obstruindo a circulação. O recomendável é deixá-los embaixo da pia.

Tapetes para o banheiro

O tapete ideal para o banheiro possui tamanho pequeno, de preferência na saída do boxe. Então, recomenda-se que seja de boa absorção e que seque rápido, para evitar aquele desagradável cheiro de molhado.

Banheiros costumam ser pequenos, então não coloque muitos tapetes neste cômodo. Ah, e os ideais são os quadrados.

Tapetes para a sala de estar

Quando se pensa em sala de estar, geralmente se imagina um ambiente aconchegante, com um sofá bem confortável em cima de um tapete alto e felpudo. Estes são ideais para decorações sofisticadas, que têm muitos pontos de luz, pisos frios, móveis metalizados e cores claras nas paredes.

Porém, também é muito aceito um tapete de lona ou do tipo persa, este último para decoração tradicional e o primeiro indicado para salas modernas. Independentemente de sua escolha, prefira tapetes grandes para esse cômodo, já que o espaço entre o sofá e a tevê costuma ser extenso.

Tapetes na sala de jantar

Salas de jantar também podem ter tapetes, por que não? O tapete ideal para este ambiente destaca a mesa e os objetos que a compõem, complementando com muita elegância a decoração.

Contudo, não podemos nos esquecer de que é um cômodo onde se lida com alimentos, então, semelhante ao tapete da cozinha, o tapete da sala de jantar não pode ser de pelo alto ou que solte fiapos, nem que acumule poeira, gordura ou líquido. Para esta sala, opte por material impermeável.

Tapetes para quartos

Se você quiser deixar o seu quarto ainda mais aconchegante, coloque um tapete nele! O ideal é que ele fique sob a cama, expandindo-se por 60 cm nas laterais e no pé do leito. Contudo, você também pode optar apenas por passadeiras nas laterais da cama, ou ainda por tapetes redondos, em frente ao guarda-roupa ou a uma poltrona.

Os materiais naturais são bem-vindos para os tapetes do quarto, a não ser que você seja alérgico. Neste caso, o tapete ideal para você é feito de fibra sintética.

O quarto de solteiro não exige um tapete tão grande, sem necessidade de se estender para os dois lados da cama. A mesma dica vale para quartos infantis, onde uma peça redonda pode ficar na lateral ou no lugar das brincadeiras. Este último quarto também pede um tapete de atividade, aliando conforto e entretenimento de aprendizado.

Venha nos visitar para conhecer nossas sugestões para cada cômodo, baseado no que você leu aqui! 

Conheça neste link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decoração, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Sorian Cortinas e Decoração: Dicas de Limpeza de Persianas

ebgesc

 

A manutenção das persianas é bem fácil de ser feita. A limpeza e conservação é algo que precisa ser feito para não comprometer a durabilidade do produto e para garantir a saúde das pessoas que habitam o local onde ela está instalada.

O desgaste das persianas é algo natural, mas pode ser diminuído com limpeza e conservação correta. Sendo assim, é recomendável:

  • Retirar a sujeira imperceptível, utilizando espanador ou aspirador de pó, sempre no sentido longitudinal;
  • Lubrificar as lâminas com vaselina vegetal ou spray de silicone, para que o mecanismo não emperre;
  • Não utilizar aparelhos a vapor para esse processo de limpeza, independentemente do material de constituição da persiana;
  • Contratar uma limpeza especializada a cada dois ou três anos.

A limpeza de cada tipo

As dicas de limpeza e conservação mencionadas acima servem para todos os tipos de persiana, mas existem sugestões de manutenção específicas para cada modelo, conforme você perceberá abaixo:

  • Persianas romanas podem ser limpas com espanador e também com pano seco mais sabão neutro, caso sejam do modelo tela solar. Se não forem, apenas o espanador é indicado;
  • As persianas verticais feitas em poliéster ou PVC podem ser mantidas limpas utilizando-se esponja e sabão neutro, direto nas lâminas;
  • Persianas do tipo rolô devem ser desenroladas completamente para a limpeza, que precisa ser feita com aspirador com bocal de escova. Caso seja modelo solar, é permitida a utilização de pano seco mais sabão neutro;
  • Persianas de painéis podem ser limpas semelhantes ao tipo rolô, com ajuste de porca e parafuso caso o trilho seja de alumínio;
  • A limpeza e conservação de persianas horizontais é feita lâmina por lâmina, com esponja e sabão neutro. Não se esqueça de espaná-la com frequência.

Acima nós recomendamos não utilizar aparelhos a vapor para a manutenção. Contudo, também é importante informar que produtos químicos abrasivos são proibidos nas lâminas de madeira e alumínio.

Você deve ter percebido que mencionamos sempre pano seco. Isso porque a umidade pode comprometer o material das persianas, deteriorando-o. Até mesmo um pano úmido pode prejudicar o tecido.

Atenção aos ventos

O vento pode prejudicar a manutenção de sua persiana, por comprometer a sua durabilidade. Portanto, não a deixe exposta ao vento, já que ele pode danificar o mecanismo interno, as lâminas e a tela.

Além disso, janelas abertas com persianas fechadas trazem poluição, poeira e chuva, que você já sabe que prejudicam o produto.

A manutenção especializada

Quando for o momento de fazer manutenção especializada, contrate uma empresa de confiança, com credibilidade no mercado. Assim, sua persiana será durável por muitos anos, cumprindo seu papel na decoração e no bem-estar de todos.

Conheça nesse link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decorações, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Sorian: Dicas de decoração para quarto infantil

ebgesc

A decoração para quarto infantil é um desafio que todas as mamães são obrigadas a enfrentar. Seja menino ou menina, a depender da idade, tudo perde o sentido e precisa ser renovado.

É muito comum que, na medida em que as crianças crescem, percamos a noção de que alguns itens deveriam estar fora do quarto ou dentro dele, certo? Hoje vamos discutir um pouquinho sobre decoração infantil.

 

Gênero e Idade x Decoração

É muito importante que a decoração siga um padrão evolutivo. Geralmente, quando as mamães procuram esse tipo de postagem, os bebês estão prestes a nascer e encontrar seu novo lar, certo?

Mas, os bebês crescem, e é preciso tomar os devidos cuidados para que a decoração também “cresça” com eles, os deixando cada vez mais confortáveis. Por isso, vamos para algumas dicas importantes.

 

Recém-nascidos

Independente do gênero, os recém-nascido são sensíveis a luz e a cores. Se você planeja decorar o ambiente, opte por uma pintura clara (cores pastel, branca ou rosa e azul bebê) com tinta um mês antes da chegada do pequeno, para que o cheiro não fique muito forte.

Você também pode optar por papéis de parede que, além de mais limpos, são de fácil manuseio. Escolhida a cor da parede, dê os detalhes com uma ou duas cores a partir da mobília e itens decorativos como pelúcias ou bonecos e bonecas. Se o quarto tem janelas, que tal optar por uma cortina ou persiana? Além de ser um item decorativo chave, também deixa o espaço mais agradável.

 

Crianças

Quando conversamos sobre crianças, o desafio começa. Na verdade, nessa fase é impossível chegar a um consenso e consultar sobre alguma coisa em específico. Mas, calma. Tem jeito. A decoração para quartos de crianças entre 3 a 10 anos deve ser criativa e estimulante.

Trabalhe com as cores favoritas, use camas de cabeceira alta, armários embutidos, trabalhe mais uma vez as cores do quarto e crie uma espécie de temática para o ambiente. Um papel de parede com elementos que seu filho goste é uma ótima ideia! Nessa fase, os quartos não são para dormir, mas, sonhar. Estimule seu filho ou filha a ler e reserve uma estante, deixe caixas de brinquedo chamativas, mas, não aposte em personagens específicos. As crianças crescem e enjoam fácil da situação.

 

Adolescentes

Eles já possuem opinião própria e, questioná-la, pode ser um erro. O quarto é um ambiente em que devemos nos sentir seguros e confortáveis. Inspire-se em gostos pessoais, peça opinião e inclua seus detalhes. Todo o adolescente gosta de pôsteres e uma parede pode ser reservada pra isso. Havendo espaço, por que não instalar uma mesa de estudo, também?

Instale prateleiras e nichos, trabalhe com o estilo do seu adolescente, mas, faça o possível para harmonizar as cores e não deixar tudo muito cansativo. Existem muitas opções de papéis de parede especialmente criadas para o universo teen.

 

Dicas adicionais

  • Respeite os gostos e preferências do seu filho, se mais velho. Sentir-se desconfortável em um ambiente que deveria lhe trazer paz não é saudável.
  • Coloque sempre uma mesa de estudos ou atividades para seus filhos. Opte por notebooks e não pcs, para evitar que eles se entreguem demais e percam a noção do tempo.
  • Atente para a iluminação. Ninguém gosta de sol no rosto de manhã. Reavalie a posição da cama ou opte por cortinas e persianas.
  • Use as cores favoritas do seu filho ou filha para criar um laço de familiaridade.
  • Foque em criar um mundo especial que estimule sua criatividade.
  • Deixe brinquedos e livros ao alcance das crianças.
  • Use papéis de parede, que além de mais práticos deixam o ambiente mais moderno e aconchegante.
  • Por melhor que seja o projeto, atente sempre para a segurança.

Conheça nesse link todas as informações de contato da Sorian Cortinas e Decorações, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.